domingo, 27 de novembro de 2016

ORIXÁS REGENTES EM 2017 NA UMBANDA: OXUM E OXOSSI

ORIXÁS REGENTES EM 2017 NA UMBANDA: OXUM E OXOSSI
INTRODUÇÃO Você já ouviu a expressão "Orixá regente"? Trata-se dos orixás que vibrarão, que serão responsáveis por reger determinado tempo, período, casa, lugar, etc. Uma vez identificados os pólos vibratórios de regência, é possível investir em algumas previsões no campo amoroso, profissional, sentimental, econômico e afim. A Umbanda identifica a regência dos Orixás de forma diferente do Candomblé. No Candomblé, geralmente se recorre ao jogo de búzios e o resultado deve ser alafiado (confirmado). Já na Umbanda geralmente é trazida pela intuição de alguma casa, guia, mentor espiritual, etc. Cada casa tem a sua doutrina, logo, não vá achando que um ou outro site é a verdade absoluta sobre a regência. Na dúvida, consulte o pai de santo da sua casa ou de sua confiança. Este texto se baseia na doutrina de Umbanda da Tenda Caboclo Pena Verde, Pena Azul e Caboclo Flecheiro de Aruanda (SP). O texto foi intuído pelo guia Sr. Tranca Rua das Almas com quem o pai da casa (Eduardo de Oxossi) trabalha. Respeitamos a doutrina alheia e contamos com o igual respeito, afinal, Umbanda é uma banda só. "Previsão" não é uma batalha para ver quem é o pai ou mãe de santo mais isso ou mais aquilo. Previsões são frutos da intuição que nos são passado. Acredite na casa e nos guias que você confia e igualmente eles corresponderão a você. Boa leitura! ORIXÁS PRECISAM VIR DE CASALZINHO? Não. Para nossa casa, o Orixá que vai reger traduz a energia do trono que a humanidade mais necessita naquele ano, mais especificamente naquela casa. Nenhum pai de santo tem autoridade para traduzir o regente do mundo todo, aliás suas analises podem divergir ou alafiar. Em 2014 a maioria das casas de Umbanda deu a previsão com Yansã e Xango (foi um ano de muito movimento, agitação, inicio de justiça, de plantar, de semear e ao mesmo tempo de "aprender a dançar na chuva", para muitos um ano bem complicado). Isso significa que devido a permissão de Oxalá, para estas casas, a regência destes Orixás estavam sendo necessitadas. Para nossa casa 2015 foi o ano de Ogum, Exu e Yemanjá, um ano de batalha, de colher o que se plantou e embora um ano também complicado, terminou no colo e nos braços de Yemanjá, como se tivéssemos que ecoar muita coisa para voltar com força. Já 2016 regeu Oxalá, Yemanjá e Oxum onde muitas mudanças aconteceram no campo amoroso, religioso e familiar. É um erro achar que a regência segue o padrão de "casalzinho", ou seja, Oxum só vem com Oxossi, Xango só com Yansã, Oxalá só com Yemanjá ou Ogum, enfim, a regência não é o casamento dos Orixás, mas a irradiação, a emanação de energia para quele determinado tempo, ano, mês, casa, jogo de buzio, médium, casa, terreiro, bairro, não, etc. PODE HAVER REPETIÇÃO DE REGÊNCIA? Na opinião dos dirigentes desta casa sim, porém há de haver uma justificativa muito plausível para isso acontecer. O Orixá não vem em terra para desfile, ele vem em terra para ajudar a evoluir os seres humanos na vibração daquele trono, ou seja, problemas de amor na vibração de Oxum, problemas da justiça na vibração de Xango e assim por diante (ao menos em uma leitura de Umbanda). ORIXÁS REGENTES 2017: OXUM E OXOSSI No campo da astrologia 2017 sofre forte influência de Vênus (planeta do amor), o que nos dá convicção da continuidade da atuação de Oxum 2016>2017. Com isso, Oxum inicia o ano atuando nas questões amorosas: união/rompimentos, gravidez/abortos, união/separação, fidelidade/traição, etc. Dizer que o Orixá rege uma vibração não pode ser sinônimo de atribuir a ele a culpa disso ou daquilo. Os seres humanos são protagonistas da sua vida e com isso, livres para emitirem o comportamento que quiserem, porém presos às consequências de suas ações. Oxum vem atuar na auto - estima das pessoas, bem como, perca de peso/ganho de peso, rejuvenescimento/envelhecimento, na prosperidade, na independência e beleza feminina, nos aspectos de feminilidade, fertilidade (cuidado inclusive com gravidez indesejada ou não planejada), sedução, atração, vaidade, paixão, etc. De paralelo, pode trazer presença de catiços como êres e pomba-giras. Os erês são linhas em evidência para atuar com a maternidade, desejo de engravidar, emprego, etc. Já as pomba giras atuarão com as paixões, fidelidade, traição, sedução, etc. Oxum é a guardiã das cachoeiras e águas doces vai acentuar a vontade do ser humano de cuidar de si mesmo e com isso pode elevar aspectos negativos como o egoísmo, ciúmes, baixa - estima, paixões passageiras ("de verão", "de carnaval", outras), paixões que deixam um sentimento de vazio, solidão, oscilação de recursos financeiros, etc. Oxum preza pela vida em sociedade, pode trazer escândalos (negativo) e valorização, humildade e caridade (positivo). Oxum é uma Orixá adepta do misticismo, conhecida como a única Yabá autorizada a fazer o jogo de búzios, a Orixá que enganou Exu, com isso pode acentuar a força de magias, aguçar a curiosidade, elevar a intuição, um ótimo ano para fazer magias. Já Oxossi entra para atuar nas vibrações financeiras, na ampliação das ciências, do conhecimento, etc. Oxossi vai trazer forme de saber, fome de crescer, fome de conhecer, fome para termos energia e motivação para sair do lugar, aceitar as crises e lutar. Trará melhorias na econômica (Pib, inflação, etc), Oxossi é um Orixá totalmente racional, isso pode trazer frieza para tomada de decisões e tornar as pessoas um pouco mais materialistas e apegadas a bens materiais. Empresas podem fazer reduções de pessoas ou investir em mais tecnologia para fazer o seu trabalho. Com esse casal junto, o lucro, a sede por dinheiro virá em primeiro lugar, a vontade de realizar, vontade de conquistar, vontade de acumular e construir virá de forma intensa. Por outro lado o mundo está separado em países desenvolvidos x países subdesenvolvidos. Dentro de cada país temos os ricos x pobres. Aqueles que começam o ano com mais recurso financeiro tem e sempre terão certa vantagem competitiva. Oxossi trará inteligência, sabedoria, caminhos para que essas classes se movimentem. No ano passado Oxalá movimentou as pessoas na fé (pessoas mudaram de religião, ateu virou crente, crente virou ateu, etc). Com Oxossi a movimentação é de classe. Rico fica pobre, pobre fica rico, etc. Parentes podem brigar entre si por divisão de bens, barganhas, chantagens, partilhas, etc. Oxossi também é o patrono da agricultura, esperamos que ele traga força e crescimento aos nosso produtores e com isso, movimente o PIB (Produto Interno Bruto) do país para positivo. Muito empregado querendo virar patrão e montar seu próprio negócio, ex-´patrões de empresas quebradas ou falidas voltando a ser empregados de carteira registrada, etc. No campo das ciências, podemos aproveitar a energia de Oxossi para descobrir novas profissões, cura de doenças, avanços tecnológicos, mudar de emprego, reinventar a fonte de renda, etc. O Orixá da caça mantem os lares fartos de quem merece e seca aqueles que precisam ser corrigidos. Por coincidência ou não ainda teremos algumas escolas de carnaval como "Acadêmicos de Abolição" que dedicará uma ala inteira a Oxossi trarão esse tema a tona. Para numerologia, o ano será regido pelo número 1 (2+0+1+7), esse número traz grande renovação, vitalidade, vontade e motivação (tudo haver com Oxossi e Oxum). CONCLUSÃO Seja na astrologia sob influência de vênus (Amor), da numerologia "1" (renovo, energia e vontade), da economia, da religião (algumas casas pesquisadas), parece que Oxossi e Oxum vem nos fornecer colheita destes últimos anos complicados envolvendo brigas, cobranças, correções e justiça. Por outro lado, engana-se quem acha que será um ano tranquilo, pois Oxossi não dá o fruto de mão beijada, ele reconhece o esforço do agricultor que sabiamente arou a terra, plantou a semente, regou , adubou, cuidou e, portanto, merece a colheira. Já Oxum ao mesmo tempo que traz, leva. Pessoas que não planejarem a fartura e as condições deste ano podem ter surpresas desagradáveis em 2018. Esse é um ano de organização, de colher mas não se esquecer de continuar plantando. É um ano de cuidarmos um pouco mais de nós mesmos, dos nossos relacionamentos, dos nossos bens materiais, da nossa estabilidade financeira, etc. Ótimo ano para parcelar dívidas e eliminá-las. Oxossi também acentua a anergia de caboclos das matas e boiadeiros. Um bom ano para trabalhar o desenvolvimento mediúnico, estudar, desenvolver competências e habilidades. Oxossi traz coragem, iniciativa, força e vitalidade. Quem não tiver cabeça pode sofrer conseqüências negativas, pois a força pode ser para o bem e para o mau, o que conta é quem dirige o cavalo.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016


DICAS TERAPÊUTICAS - PROTEÇÃO ENERGÉTICA COMO SE DEFENDER DA ENERGIAS NEGATIVAS

PROTEÇÃO ENERGÉTICA



Todos nós sabemos que as energias negativas são uma das maiores preocupações do ser humano. Elas nos...alcançam em qualquer lugar do planeta. Mas, podemos nos defender, começando a tomar uma série de atitudes e providências. Abaixo segue seis dicas para começar a combatê-las.




1. NÃO TEMER NINGUÉM
Uma das armas mais eficazes na subjugação de um ser é impingir-lhe o
medo. Sentimento capaz de uma profunda perturbação interior, vindo até a provocar verdadeiros rombos na aura, deixando o indivíduo vulnerável a todos os ataques. Temer alguém significa colocar-se em posição inferior, temer significa não acreditar em si mesmo e em seus potenciais; temer significa falta de fé.
O medo faz com que baixemos o nosso campo vibracional, tornando-nos assim vulneráveis às forças externas. Sentir medo de alguém é dar um atestado de que ele é mais forte e poderoso. Quanto mais você der força ao opressor, mais ele se fortalecerá.

2. NÃO SINTA CULPA
Assim como o medo, a culpa é um dos piores estados de espírito que existem. Ela altera nosso campo vibracional, deixando nossa aura (campo de força) vulnerável ao agressor. A culpa enfraquece nosso sistema imunológico e fecha os caminhos para a prosperidade. Um dos maiores recursos utilizados pelos invejosos é fazer com que nos sintamos culpados pelas nossas conquistas. Não faça o jogo deles e saiba que o seu sucesso é merecido.. Sustente as suas vitórias sempre!

3. ADOTE UMA POSTURA ATIVA
Nem sempre adotar uma postura defensiva é o melhor negócio. Enfrente a situação. Lembre-se sempre do exemplo do cachorro: quem tem medo do animal e sai correndo, fatalmente será perseguido e mordido. Já quem mantém a calma e contorna a situação pode sair ileso. Em vez de pensar que alguém pode influenciá-lo negativamente, por que não se adiantar e influenciá-lo beneficamente? Ou será que o mal dele é mais forte que o seu bem? Por que será que nós sempre nos colocamos numa atitude passiva de vítimas? Antes que o outro o alcance com sua maldade, atinja-o antecipadamente com muita luz e pensamentos de paz, compaixão e amor.

4. FIQUE SEMPRE DO SEU LADO
A maior causa dos problemas de relacionamentos humanos é a “Auto-Obsessão”.
A influência negativa de uma pessoa sobre outra sempre existirá enquanto houver uma idéia de dominação, de desigualdade humana, enquanto um se achar mais e outro menos, enquanto nossas relações não forem pautadas pelo respeito mútuo. Mas grande parte dos problemas existe porque não nos relacionamos bem com nós mesmos.
“Auto-Obsessão” significa não se gostar, não se apoiar, se autoboicotar, se desvalorizar, não satisfazer suas necessidades pessoais e dar força ao outro, permitindo que ele influencie sua vida, achar que os outros merecem mais do que nós. Auto-obsediar-se é não ouvir a voz da nossa alma, é dar mais valor à opinião dos outros.
Os que enveredam por esse caminho acabam perdendo sua força pessoal e abrem as portas para toda sorte de pessoas dominadoras e energias de baixo nível. A força interior é nossa maior defesa.

5. SUBA PARA POSIÇÕES ELEVADAS
As flechas não alcançam o céu. Coloque-se sempre em posições elevadas com bons pensamentos, palavras, ações e sentimentos nobres e maduros.
Uma atmosfera de pensamentos e sentimentos de alto nível faz com que as energias do mal, que têm pequeno alcance, não o atinjam. Essa é a melhor forma de criar “incompatibilidade” com as forças do mal. Lembrem-se: energias incompatíveis não se misturam.

6. FECHE-SE ÀS INFLUÊNCIAS NEGATIVAS
As vias de acesso pelas quais as influências negativas podem entrar em nosso campo são as portas que levam à nossa alma, ou seja, a mente e o coração. Mantenha ambos sempre resguardados das energias dos maus pensamentos e sentimentos, e fuja das conversas negativas, maldosas e depressivas.
Evite lugares densos e de baixo nível. Quando não puder ajudar, afaste-se de pessoas que não lhe acrescentam nada e só o puxam para o lado negativo da vida. O mesmo vale para as leituras, programas de televisão, filmes, músicas e passatempos de baixo nível.



Paz e Luz !!!


Fonte: http://holisticocromocaio.blogspot.com.br/2016/09/dicas-terapeuticas-protecao-energetica.html

domingo, 21 de agosto de 2016


GRATIDÃO: UMA PONTE ENTRE NÓS E TODO O UNIVERSO!

Hoje meditei sobre a gratidão, e como ela influencia em vários aspectos de nossa vida. A gratidão tem um poder enorme em nossa vida, de transformar em plenitude e abundância. Atrai pensamentos e energias positivas, e traz leveza ao coração.
Quantas e quantas vezes dedicamos horas a sofrer com algum problema, algo que deu errado. Quantas vezes dedicamos uma postagem em uma rede social, a reclamar de um dia de chuva, ou de sol, ou de nuvens. O ser humano muitas vezes não sabe para onde quer ir, aonde quer chegar, gasta energia com situações que o levarão a lugar nenhum.
Não temos tempo para nada, para nossa família, amigos. Não temos tempo para ler um livro, assistir a um filme, ou qualquer situação que nos conecte com nos mesmos. Passamos nossos dias justificando nossas ações, encontrando culpados, se vitimizando quando nos colocam contra a parede. Quando somos vítimas, somos automaticamente ingratos com todo o sistema. Nos colocamos em posição de coitados, não enxergando um palmo de ante do nariz.
Certa vez li um trecho do encontro de Alexandre, o grande, e o mendigo nu. Refleti sobre a gratidão e
plenitude na vida de uma pessoa, veja:

Alexandre, o grande, encontrou Diógenes que era um mendigo nu, com apenas uma lâmpada, sua única posse. E mantinha sua lâmpada acesa mesmo durante o dia. Ele se comportava de maneira muito estranha, e Alexandre teve de lhe perguntar: – Por que está mantendo essa lâmpada acesa durante o dia?
Diógenes levantou sua lâmpada, olhou para o rosto de Alexandre e disse: – Estou procurando pelo homem de verdade dia e noite e não o encontro.Alexandre ficou chocado por um mendigo nu poder dizer esse tipo de coisa a ele, um conquistador do mundo. No entanto ele notava que Diógenes era muito belo em sua nudez. Os olhos eram tão serenos, o rosto tão pacifico, suas palavras tinham tanta autoridade, sua presença era tão tranqüila, que o próprio Alexandre parecia um mendigo ao lado dele. Ele escreveu em seu diário: ‘ Pela primeira vez senti que a riqueza é algo diferente de ter dinheiro. Eu vi um homem rico.”

E se você acordasse hoje apenas com as coisas as quais agradeceu ontem? Eu te faço essa pergunta e peço que reflita um pouco sobre a história de Alexandre, o grande, conquistador do mundo, e Diógenes que foi um grande filosofo que perambulava por Atenas apenas com uns trapos e sua lâmpada.
Note que ser ele como é simples diante dos olhos dos outros, mas há uma linha de pensamento grandiosa.
Observe que estar grato é muito maior que simplesmente agradecer ao porteiro do prédio, por abrir a porta do elevador para você. Estar, ser grato é maior que tudo isso. É ser e agradecer pelo que tem, e pelo que é. Nós usamos nossa energia para pedir, reclamar, justificar. E eu te pergunto, se dedicássemos a mesma energia da ingratidão, na gratidão?
Para que nossos desejos sejam manifestados, precisamos estar em sincronicidade com as leis universais. A sincronicidade não é um fenômeno que apresenta somente soluções grandiosas, espetaculares. Ela se apresenta no dia a dia em nossa vida, com pequenos detalhes, como aquele chinelo “esquecido” na porta de casa, bem naquele dia chuvoso em que tudo que você precisava era tirar os sapatos. Ou como aquele abraço apertado, vindo de uma pessoa querida, naquele dia em que parece que tudo deu errado.
Agradecer é a forma mais limpa e forte de se conectar com o Divino. Tenha certeza de que quanto maior nossa gratidão, mais bênçãos de amor, alegria, paz, virtudes positivas e prosperidade ele nos enviará.
A gratidão tem o poder de transformar nossa vida, desbloqueandoa em plenitude.
As pessoas costumam procurar a fórmula da felicidade, e não sabem que ela existe! Veja: quando
agradecemos cada momento feliz e dedicamos ao menos 5 minutos a este momento, acabamos por
cultivar a felicidade, abrindo espaço para que ela seja parte de nossa vida. Quando buscamos uma vida plena, precisamos dedicar tempo a ela, o mesmo tempo que normalmente dedicamos a reclamações e justificativas, poderia ser colocado nos momentos de plenitude e felicidade. Para que ser torne parte de nosso dia a dia.
Estudos da Física quântica estão confirmando que a matéria e a realidade podem ser alteradas pelos
nossos pensamentos. A Lei da Atração, um dos cinco princípios fundamentais da existência nos diz que “semelhante atrai semelhante.” É um fato científico que os pensamentos são energia. Os neurônios em nosso cérebro produzem pensamentos. Se a energia segue a energia, então a energia segue o pensamento, e a gratidão segue a abundância.
Vamos fazer um exercício juntos, de colocar em um caderno, bloco de anotações, diário, não importa onde, mas escrever diariamente ao menos 3 coisas do qual esta grato. E para aprofundar nossas relações com colegas de trabalho, família, e amigos, pegue 1 item do qual é grato a uma pessoa, e medite sobre isso.
Coloque pelo menos 5 subitens para aprofundar melhor. Por exemplo: “ Sou grata ao meu esposo: por ter me escolhido como sua esposa, por cuidar de mim, da nossa casa e de nossos sonhos, pelo companheiro que é, pela compreensão e carinho que tem em suas palavras…” . Ao terminar o exercício, você pode falar com essa pessoa sobre sua gratidão. O poder que ela influenciará em sua vida é grandioso. Se você é um gestor de equipes, e dedicar alguns minutos com sua equipe para expressar a gratidão que possui com eles, notará em alguns dias, e eu arrisco dizer que talvez em algumas horas, o quanto sua ação será produtiva e abundante em bons resultados. Se você é um pai ou mãe, filho ou filha, avô ou neto, não importa. Dedique alguns minutos a refletir sobre o porque é grato, e quando puder diga à pessoa. A gratidão transforma negação em aceitação, caos em ordem, confusão em clareza, transforma uma refeição em um banquete, uma casa em um lar, um estranho em um amigo.
Para citar Brian Tracy, “Desenvolva uma atitude de gratidão e de graças por tudo o que acontece com você,
sabendo que cada passo em frente é um passo para alcançar algo maior e melhor do que a sua situação atual”.
Conte-me como foi sua experiência de gratidão, divida conosco essa maravilha que pode transformar
nosso mundo.

Um forte abraço

Queli Rodrigues
30 de janeiro de 2016


https://osegredo.com.br/2016/01/gratidao-uma-ponte-entre-nos-e-todo-o-universo

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Louro e algumas de suas propriedades

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Queime folhas de Louro dentro de sua casa e veja o queacontece 10 minutos depois!!!
Está curioso(a) para saber por que motivo deve se queimar e cheirar a fumaça das folhas de louro? Esta é uma velha receita. Mas, antes de saber por que ela deve ser feita, vale a pena saber um pouco sobre o louro, não é mesmo?
O louro é usado desde os tempos antigos. Já foi símbolo de poder: reis e imperadores usavam coroas de louro na Antiguidade. Tradição mantida, na atualidade, nas coroas dos vencedores de competições esportivas.
Nas folhas de louro se encontra um azeite essencial composto de cineol e eugenol. Elas têm muitas propriedades que são atribuídas principalmente aos seus óleos essenciais, que curam muitas doenças.
O louro é excelente para tratar tonturas, depressão, nervosismo, pânico, falta de vontade, falta de apetite, problemas na bexiga, no pulmão, dor de estômago, parasitose, digestão lenta, estresse, surdez, dor de garganta, como regulador menstrual, doenças cardiovasculares, dores articulares e musculares, dores de
cabeça, limpa o trato respiratório e refresca o ambiente.
Tem ótimas qualidades diuréticas, anti-inflamatórias e é um bom protetor do coração. Alguns usos medicinais do louro:
1. Para melhorar a digestão e regular a menstruação.
Coloque 2 pequenas folhas de louro em 1 copo de água fervida. Tome de 2 a 3 xícaras por dia.
2. Para levantar o ânimo.
Deixe de molho 3 folhas em 1 copo de água durante a noite. No outro dia, beber esta água na parte da manhã assim que acordar.
3. Para aliviar contusões e acne
Deixe em imersão um punhado de folhas de louro em 250 ml de azeite de oliva por 15 dias. Coe e aplique o óleo com gaze sobre as lesões cutâneas.
Observação: Faça antes um teste aplicando uma pequena quantidade do óleo no cotovelo para ver se ocorre alguma reação alérgica.
4. Para aliviar dores articulares e musculares, herpes e também para curar doenças de pele
Ferva um punhado de folhas de louro esmagadas até secar toda a água. Coe antes que esfrie, reservando a gordura que se separará. Esfregue esta “manteiga” nas áreas afetadas.
Observação: Faça antes um teste aplicando uma pequena quantidade da gordura no cotovelo para ver se ocorre alguma reação alérgica.
5. Para tonificar músculos flácidos e doloridos
Ferva um punhado grande de folhas em 2 litros de água durante 15 minutos.
Coar e colocar a água em uma banheira ou tina para banho.
6. Para limpar as vias aéreas e aliviar dores de cabeça e o estresse.
Queime algumas folhas de louro e inale a fumaça. Você pode usar 1 folha grande e levá-la ao fogo do fogão. Assim que começar a queimar, retire-a do fogo e, com cuidado, aspire a fumaça que sairá da folha. Faça isso várias vezes (a folha apagará também várias vezes) e sempre com cuidado para não se queimar.
Outra opção é colocar várias folhas em um objeto cerâmico resistente a fogo e queimá-las.
Depois, é só aspirar a fumaça das folhas queimadas.
Na Antiguidade se queimavam folhas de louro nas casas dos
enfermos para purificar o ambiente.
Veja mais no vídeo:
https://youtu.be/dZWaODb3Zk0
Estes tratamentos caseiros não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.
Fonte: http://www.curapelanatureza.com.br/

sexta-feira, 26 de junho de 2015

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012



Natal - Renascer na Própria Vida


Tudo é produzido através do nascimento. A vida que caminha em cada espaço desse planeta, origina-se da reprodução, gerada por um tempo em ou por outro ser. As ideias, os pensamentos, a criação, as inovações, absolutamente tudo, nasce. O povo hebreu definia esse processo como salvação, considerando que a vida era a única responsável por reproduzir e manter, assim, a vida. Associava o fenômeno às bênçãos de Jeová, o operador do grande milagre frente à ignorância e as limitações dos seres humanos errantes que marcavam seus passos nas trilhas da evolução. Na mesopotâmia era celebrado o Zagmuk cuja finalidade era abolir os pecados do povo. Os nórdicos cultuavam o Yule, uma celebração em homenagem ao retorno do sol, o retorno do verão e as novas possibilidades de vivência fora das proteções que enclausuravam do frio. Rainer Sousa (http://www.brasilescola.com/natal/historia-natal.htm)

Os romanos também direcionavam suas festividades para a volta do grande astro solar, uma homenagem ao Deus Sol “Natalis Solis Invicti”, ou o Nascimento do Sol Invencível. A marca cristã, gerando uma hegemonia inquestionável no mundo ocidental, configurou na condensação entre as tradições pagãs e os valores cristãos propagados. Contextos similares, em datas muito próximas, somados ao advento da eclosão católica, formalizaram o natal como marco do surgimento dessa nova filosofia. Um dos propósitos históricos para essa significação foi a de angariar um número maior e significante de novos convertidos à religião e aos propósitos do estado.


“Mesmo a Bíblia não especificando o nascimento de Cristo, as autoridades cristãs fizeram a escolha desta data, que foi mais tarde reconhecida pelo Papa Julius I (337 -352). Com o processo de expansão e regulamentação das tradições do cristianismo, o feriado natalino ganhou enorme força ao seguir o próprio processo de expansão da nascente religião. Dessa maneira, o Natal conseguiu se transformar em uma das principais datas a serem comemoradas pelos cristãos de todo o mundo.” Rainer Sousa (http://www.brasilescola.com/natal/historia-natal.htm)



Apesar de todo o contexto histórico relacionado às causas e justificativas do surgimento do natal, outros excessos foram se agregando as comemorações. Natal não é neve. Papai Noel é uma mera figura alegórica, simbolizando o amor e a benevolência, adotada pelo comércio como garoto propaganda para potencializar as vendas e colocar o dedo na ferida dos fiéis que se comprazem com as necessidades de suprirem eventuais culpas ou manterem amenizadas algumas das dificuldades cotidianas com aqueles que se relacionam. As renas, parceiras de trabalho de Noel, também se originam da cultura nórdica e da realidade europeia, afinal, não neva numa temperatura acima de 30º e os bichinhos sequer voam na realidade.


Após alguns séculos e situados às margens do terceiro milênio, o resgate essencial do simbolismo natalino se faz crucial para a vida das pessoas. Não está no presente, a maior de todas as ofertas que se pode conceder ao que convive comigo. Não são as comilanças e nem a bebedeira que celebra, de fato, seus propósitos. A data natalina é, de fato, um marco para a rotina humana, pautado ao renascimento. Valores precisam de lembranças, reflexões e uma nova postura a serem aplicados. A inversão de padrões vigentes, insatisfatórios à felicidade e ao bem estar individual, familiar e social. É a renovação dos ensinamentos e, muito além disso, da prática proferida por Cristo em sua caminhada. É o abraço não dado, os beijos esquecido. As palavras de carinho e de reconhecimento perdidas pela loucura dos dias passados. É um brinde a oportunidade de renascer dentro da própria vida. É lembrar a nossa capacidade de transformação, de maturidade e de evolução. É reconhecermos que de fato temos um irmão com visão, igual que se diferenciou e que conquistou para todos através da renúncia e da disciplina de saber de sua tarefa.



O natal deveria nos abrir horizontes e conscientizar de que fomos feitos a imagem e semelhança de Deus. De que somos criaturas criadoras e que essa função nos obriga a contribuir e a participar das devidas mudanças tão necessárias para a harmonia com os nossos e em nossa morada como um todo. Os tão narrados envolvimentos festivos entre as pessoas, caberiam o alerta de que a festa termina e de que o equilíbrio é necessário se perpetuar. Que na verdade, todos os dias são necessários estarem envoltos nas intenções amorosas dedicadas a poucos minutos da obrigatoriedade religiosa e mercantilista que cercam o que de fato marcaria o ícone cristão. O natal deveria ter por razão, a renovação dos princípios missionários que cada um de nós carrega, inclusive aos que se intitulam ateus. Somos dotados da responsabilidade social, crendo ou não em Deus. Pessoas de todos os tipos, idades e credos precisam de nós e somente nos terão, no momento em que desnudarmos nossas almas da presunção, do orgulho e do egoísmo que nos fazem reclusos e reféns da própria insanidade produzida.


Fazer de conta que se adora a Jesus não basta. Até mesmo, porque um dos únicos não convidados para as bodas, é o próprio aniversariante. Natal deve ser o marco da interrupção das queixas, o abandono da preguiça e a interrupção de delegações que fazemos aos outros das nossas mazelas. É a data para nos aproximarmos, efetivamente, da razão de sermos os únicos responsáveis por nossos processos. Rever nossas escolhas e redirecionarmos as nossas vidas. É a hora de sentar e de pensar, atitude essa pouco exercitada. Um momento para ofertar o diálogo entre os seus. Reconhecer as responsabilidades que afetam os resultados nas interações. Organizar e planejar uma nova forma de vida. Enfim, renascer à vida. Se isso de fato ocorrer, nada melhor do que o fazer à mesa, comendo e bebendo, rindo, chorando, mas, fundamentalmente, amando-se.


Desejo a todos um instante de profundas, serenas mas sinceras reflexões, originando consciência à sombra de tudo aquilo que não se consegue ver, perceber e se processar. Anseio pelos abraços aos que estão à volta de cada um. Os beijos estalados pela motivação que o faz estar e conviver com cada um. Torço para que expressões de amor sejam proferidas pela boca de todos para todos. E peço que cada um de nós reavalie seu desempenho dentro do empreendimento viver e enxergue a sua responsabilidade sobre cada uma das etapas percorridas, reavaliando-as e buscando indícios para as transformações necessárias ao seu bem estar e a felicidade de todos com quem compartilham a caminhada.

Agradeço a cada um pela oportunidade de aprender, da atenção recebida e a boa vontade aplicada a cada um dos artigos publicados, diariamente. Vocês, com certeza, foram os grandes responsáveis pelo meu melhoramento e minha dívida com cada um se faz enorme por essa possibilidade. Meu amor, minhas considerações e admiração a cada um. Sintam-se beijados, abraçados e recebendo o que a de melhor e mais rico de mim: minha energia e dedicação.

Feliz natal e que Cristo esteja com cada um, hoje e sempre.

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
Compreender, que ser compreendido;
Amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
É perdoando que se é perdoado,
E é morrendo que se vive para a vida eterna.